terça-feira, 6 de maio de 2014

Vazio



Eu não quero sentir mais
Eu não quero mais nada
Esse vazio é a ausência de sentimento
Sentimento pode machucar em algum momento

A dor é passageira, a glória é eterna
Algumas lembranças não são passageiras
Sou como um desenho em uma caverna
Minha alma já levaram a muito tempo
Não há glória no meu coração, só escuridão

Me sinto vazio por dentro, só resta memória
Vejo meu rosto refletido no espelho
De quem é esse rosto estranho?
Sou como uma estátua petrificada

O som do silêncio me conforta
Não há mais cores no meu mundo
As estrelas pararam de brilhar
O espetáculo acabou, não há mais vida

Eu estou perdido e não sei o que fazer
Sinto que devia sumir desse lugar
Buscar o auto conhecer
Correr de encontro ao mar

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Relato de um cético


Sempre tive curiosidade sobre a verdade absoluta, gosto de ter evidências e provas para sustentar minhas teorias e ideias.
Mesmo sempre tendo essa tendência cética e duvidando de tudo que me diziam, minha família sempre foi muito católica, fui batizado e fui matriculado na catequeses onde tive aulas que não me faziam sentido nenhum, não foi difícil arrumar um pretexto para deixar de frequentar a igreja.
Alguns anos mais tarde meus familiares mais próximos viraram evangélicos, eu até frequentava também mas sempre me perguntava se realmente eu estava seguindo a religião certa, dentre tantas religiões que existem é impossível saber, assim como, dentre tantos deuses existentes, eu duvidava que o que estavam tentando fazer eu acreditar, era o Deus certo. De alguma forma, eu sentia que aquele não era meu lugar e também deixei de frequentar.
O bom senso me fez perceber que para ter fé é necessário fechar os olhos da razão, fiz o contrário disso porque sempre gostei de ciência e as explicações interessante que conseguia extrair dela, fechei os olhos da fé.
Virei Ateu.
Mas o sobrenatural e a espiritualidade sempre foram assuntos que despertam minha curiosidade, eu sempre ouço relatos sobrenaturais com muita atenção.
Infelizmente nunca vivenciei nada paranormal ou sobrenatural, mesmo buscando e querendo isso. As vezes desconfio que possa existir algo oculto, algo secreto que tornam as pessoas mais felizes, mais confiantes, fortes e bem sucedidas, alguma verdade absoluta desconhecida, alguma força que surge de dentro e faz transcender.
Eu não tenho certeza de nada, mas sou muito curioso e nada vai me impedir de buscar o conhecimento e a verdade até o fim de minhas forças.
Já ouvi dizer que algumas pessoas tem a sensibilidade mais aguçada para perceber coisas espirituais, eu devo ter o nível zero disso, mas se existe alguma maneira de aumentar a percepção para as coisas exteriores, eu vou conseguir.
Espero não estar sozinho nesse barco.

Receber Atualizações por E-mail

Coloque seu endereço de E-mail:

Delivered by FeedBurner

Follow by Email