quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Amor Moderninho

Agora qualquer criança já sabe o que é amor, e tem um novo a cada dois meses.
É o tipo de amor que começa e termina pelo MSN, até o pedido e o rompimento é feito pelo MSN.
O amor moderninho funciona muito rápido, são 60 dias de namoro no máximo.

Esse tipo de amor é baseado em SMS de bom dia e boa noite, depoimentos fofinhos no Orkut, de Nicks do MSN com coraçõezinhos, de replys melosos no Twitter, de comparações de letras de músicas com relacionamentos, juram amor eterno pela internet.
Que graça tem namorar e não assistirem filmes juntos? Aquela comédia romântica para rirem juntos na noite fria, ficar grudadinho pra esquentar.
O romantismo morreu junto com Romeu&Julieta, só pode.
Que graça tem não dormir juntos, não fazer sexo, dar alguns beijinhos sem graça, jurando estarem apaixonados, mesmo tendo tempo de sobra só se ver no final de semana para não enjoar um da cara do outro.

Começam a namorar sem nem conhecer o parceiro direito e juram que amam e juram que são amados, porém isso não passa de dois meses, será que realmente sabem o que é o amor?
Nem eu sei o que é, mas acredito que não seja isso, se for, estou decepcionado.

Assim vão as garotinhas que tem medo de ficarem solteiras, pulando de um relacionamento pro outro, quando está namorando está com a ilusão do amor e da felicidade, quando estão solteiras estão chorando e dizendo que o garoto é um traste.

Espero que tenham gostado, deixem comentários com seus pontos de vistas.

Até a próxima meus caros.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Juventude Junkie!

Caros amigos, eu admito ser suspeito para falar desse assunto, talvez eu esteja enganado, mas vou colocar o que penso e vocês me dizem o que acham.

As vezes eu fico indignado ao ver a velocidade de como a precocidade aumenta com o passar do tempo, por exemplo, quando eu tinha 14 anos eu não saia do meu bairro, meus passatempos nos finais de semanas eram futebol com os amigos, bolinha-de-gude, playstation1, lan-house, TV Globinho, etc. Agora tenho 18 anos e vejo na rua garotos e garotas de 14 anos fumando e bebendo vodka, seus pais não fazem idéia disso, isso fez eu me perguntar. Por que isso acontece?

Talvez influência do meio social do qual esses jovens querem fazer parte? Eles vêem que a galera cool fuma e bebe, e acham que para serem aceitos e serem legais terão que beber e fumar também, é tipo uma mistura de falta de personalidade e autoconfiança com desespero de socializar e fazer amizades, isso tudo começa com a intenção de fazer amizades, depois se transforma em vício, depois em conflitos familiares quando os pais ficam sabendo de tudo, as vezes nem é vício, na verdade alguns nem gostam, mas preferem mentir para eles mesmo do que se passarem por ridículos perante aos pais e amigos, por isso quando vejo alguém fumando sem tragar ou tossindo ao tentar tragar, acho lamentável, a pessoa engana ela mesma, mas não a mim. Sobre isso penso que quem só se permite fazer amizades com bêbados e fumantes não merece a amizade de ninguém.

Outros motivos também comuns que levam os mais novos ao vício é a curiosidade, curiosidade essa que sempre foi o combustível para o conhecimento e que agora vira também para os vícios, os meninos vêem tanta gente fumando e bebendo, é claro que alguns pensam, “se tanta gente fuma deve ser porque mesmo matando da algum tipo de prazer e eu quero saber que prazer é esse, vou comprar um maço e pedir pro meu amigo me ajudar”. Acho que esses dois erros não são coisa de outro mundo, realmente a nicotina da uma sensação de prazer e alívio, ainda mais junto com cafeína, tem gente como eu que não liga de correr os riscos, e isso deveria ser respeitado.Inconveniência da parte de quem condena os fumantes e quem gosta de falar o que está escrito bem grande no próprio maço de cigarros, como se o fumante fosse analfabeto.


A bebida eu acho que é just for fun mesmo, o problema é quando o novato não tem conhecimento de seu próprio limite e coloca-se a beber sem parar, resultado disso é vômitos, desmaios, trabalho para os amigos e as vezes até internação, isso sim é desagradável e eu reprovo.


Até a próxima meus queridos.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Atitude Brasileira

Esse post será em homenagem a uma pessoa que foi muito especial para mim, que me ensinou muita coisa, meu segundo pai, Alberto Giacomo Dettori que infelizmente faleceu ontem na madrugada do dia 18 aos 48 anos.

"Sorria, embora seu coração esteja doendo
Sorria, mesmo que ele esteja partido
Quando há nuvens no céu
Você sobreviverá..." Charles Chaplin.

Segue abaixo o texto sobre política escrito pelo homem que será eternamente amado e lembrado, não só por mim, mas também pela minha mãe, meu irmão e outras pessoas que admiravam a sua bondade, coragem, atitude e amor...


Atitude Brasileira, por Alberto Dettori.

Fico pasmo (não sei se existe uma palavra mais contundente) em ver a reação do povo brasileiro para com as atitudes dos nossos queridos políticos. 

Denuncias diárias envolvendo estes caras e os seus amigos e parentes fazem parte pelo menos do 60 % das noticias veiculadas pelas mídias brasileiras. Qual é a reação do povo, ou seja, das vitimas de roubo? 
1 – Se reúnem nos botecos (botecos!! Não clubes privados cuja mensalidade é alta) para tomar as suas pingas (pinga!! Não wisky importado) e sonham com uma vida de político de maneira tal de poder roubar igual a eles e entre as outras coisas serem deixados em paz das suas mulheres e esposas podendo arcar com as varias despesas para deixá-las contentes. 
2 – Se reúnem nas Igrejas pedindo ao Senhor que de um jeito nestes sem vergonha sem considerar o fato mais importante: a cobiça faz parte da conseqüência da queda de Adão e Eva, por isso Deus não vai fazer mais nada, está cansado de ver tanta falcatrua. Ele vai pensar em você só depois de morto. Não adianta!! 
3 – As mulheres se reúnem em volta do tanque de lavar roupa (tanque!! Não cabeleireiro) e a frase mestra é: “Ah!! Se meu marido tivesse estudado para poder se meter em política; eu poderei...”. Os pontinhos deixam espaço a muitíssimos desejos e sonhos que poderiam ser realizados se o marido fosse um político, metáfora para dizer “Ah!! Se meu marido pudesse roubar igual aos políticos...”. 
As explicações de tanta falta de reação a tanta roubalheira são muitas. Eu aqui queria sublinhar uma delas: o povo brasileiro tem fome; fome de justiça também, mas principalmente fome no estrito sentido do termo. O povo brasileiro trabalha mas ganha muito pouco e por isso deve preocupar-se em colocar comida em casa para si e a própria família e pagar as varias contas do mês, sendo obrigado assim a desviar a própria atenção para saciar a sua fome de justiça. Ou seja, não pode se interessar onde e como tal político gastou o dinheiro que roubou porque já está muito ocupado em tentar gastar com juízo o pouco dinheiro que ganha. Resumindo os espertos políticos criaram uma política salarial tam apertada para o bolso do povo de maneira tal de não deixar tempo suficiente para pensar em coisa fazem os governantes. “Vamos deixar o povo ocupado em sobreviver assim não pensam em nos!!” 
Faço parte de uma geração que viveu o ’68 francês; o povo protestava de verdade, não se limitava a choramingar em frente a um copo de pinga; batia pra valer, fazia sentir a sua voz, conseguia fazer valer os seus direitos, não sonhava em serem políticos para roubar, sonhavam em se tornar sociólogos para poder estudar sistemas políticos humanitários que levassem a igualdade social; existia moral e respeito para com os outros. 
Quando este pais verá a justiça e o povo poderá pensar em cuidar que os governantes sejam justos?

Alberto Giacomo Dettori, Eterno em nossos corações.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Bandas Coloridas

Olá amigos, peguem mais 1 copo de café e relaxem para refletir sobre o assunto de hoje
Hoje irei dar minha opinião sobre um assunto da atualidade, deixe seu comentário com sua opinião a respeito.
O Blog está começando agora e como podem ver ainda não tem nenhum seguidor, então clique ali do lado em “seguir” se puder, Obrigado.

Ultimamente esse novo estilo musical chamado de Happy Rock está fazendo muito sucesso e a conseqüência disso foi o surgimento de dois grupos gigantescos de pessoas, as que amam o estilo colorido por razoes idiotas e as que odeiam o estilo por razões mais idiotas ainda.
Sinceramente, pior do que quem vai em show de Happy Rock, são os que falam que vão na frente para zoar ou entrar pra tacar limão na cara do cantor.
Eu não escuto esse tipo de música, não me agrada, mas conheço pessoas legais fans de Restart.
Se você é desses que acha que possui o melhor gosto musical do mundo, foda-se, guarda para você essa ilusão idiota, não precisa ficar revoltadinho, gritar para os outros na rua “Emo Viadinho”, deixar de falar com uma pessoa porque ela usa calça colorida, usa franja ou coisas do tipo, quem pratica esse tipo de preconceito, pratica para se sentir superior, para achar que é melhor que a outra pessoa mas na verdade é pior, para insinuar aos outros amiguinhos preconceituosos que é 100% macho e come muita mina, mas com isso só conseguem provar que são burros, punheteiros preconceituosos, vermes miseráveis que precisam humilhar os outros para se sentirem superiores.
É só isso, me desculpem o linguajar.
Até o próximo post.

Ecologicamente Incorreto

Saudações queridos leitores, pega sua xícara de café e não acenda o cigarro dessa vez porque pode poluir o ar.
Nesse post irei falar sobre o meu ponto de vista em relação aos Ecochatos.
Sintam-se a vontade para concordarem ou discordarem de mim.

O Super-Ecochato é a Pessoa que se acha ecologicamente correta, se acha o “Capitão Planeta” e afirma que vai salvar o mundo porque não joga lixo no chão e prega sermão em quem joga, aconselho a não jogar nem papel de bala na frente dela, porque ela jamais vai perder a chance de usar os argumentos que ela considera fodões e inquestionáveis contra você, não porque ela realmente se importa, na maioria das vezes é para causar a “boa impressão”, para falar que pensa em outras coisas além de comer e assistir Big Brother Brasil ou só para irritar mesmo.
O pleneta está ai, firme e forte a mais de 4 Bilhões de anos, já passou por furacões, terremotos, chuvas de meteoritos,  movimento de continentes, erupções vulcânicas, tsunamis, bombas atômicas e um monte de merdas, e o chato acha que o mundo vai acabar se ele não encher o saco por causa daquele pedacinho de plástico, e se sente muito ofendido se alguém o chama de hipócrita.
Eles tem a mania escrota de perguntar:
- Você joga lixo no chão da sua casa?
- Não
- Então porque joga lixo na rua? Você também mora na Terra.
- Não faz sentido sua comparação, eu não sou mendigo. Se isso lhe incomoda tanto pode pegar o lixo e jogar.
- Vou chamar meus Ecochatos Friends.

Se isso acontecer saia correndo, ou pegue uma planta e faça de refém.
Uma dica para as pessoas que perdem tempo chateando os outros com isso, vá ler um livro.
O problema é que as pessoas não se conformam em ser minoria, Acham que porque fazem isso, todo mundo tem que fazer.
Não odeio os chatos, odeio os chatos que tentam transformar todo mundo em chato.
Odeio também quem chama de burro alguém só porque tem uma opinião diferente
Um abraço meus caros, até a próxima.

domingo, 16 de janeiro de 2011

Bondade

Se você se acha ou conhece alguém que pratica apenas bondade, ou você não conhece a pessoa direito, ou você não se conhece direito, todos os seres humanos sem exceções são maldosos de alguma forma, sim, oportunistas, interesseiros, invejosos, ambiciosos, tem de todo tipo, uns mais e outros menos, mas todo ser humano pensa unicamente e exclusivamente nele mesmo, até nas coisas boas que fazemos, nós fazemos já pensando no que receberemos em troca, somos bons com outras pessoas por interesse mesmo, por mais que a pessoa pareça praticar apenas pura bondade ela tem um fundinho “filha da puta” que você não conhece e que talvez só vá conhecer depois de um bom tempo de amizade ou casamento com ela, mas temos que aprender a conviver com nossas “filhasdaputagens” e as dos outros também. Afinal, o quão ruim seria você se assumir que é ruim? Acredito que nenhum pouco, pelo contrário, acredito que um alto nível de cultura é alcançado quando nos livramos de auto bajulações e crenças supersticiosas. A pessoa que se diz religiosa e 100% bondosa está no ápice da hipocrisia.
Se religião fosse sinal de bondade Hitler não teria feito o que fez.
Um exemplo dessa hipocrisia está escrito no livro mais lido e controverso(na minha opinião), A “Bíblia Sagrada” onde as pessoas que a escreveram citam um ser(Deus) que é infinitamente bondoso, justo, 100% compreensivo e ama a todos igualmente mas ao mesmo tempo diz para você temer ele, como assim? Ter medo de algo que é infinitamente bondoso? Será que é mesmo bondoso? Porque no próprio livro é citado a IRA de Deus, o dilúvio, destruição de cidades, sacrifício humano. Você tem certeza que é justo condenar ao sofrimento, angústia e tristeza eterna no fogo no inferno uma pessoa só porque ela é homossexual ou não acredita na bíblia?
Enfim, se até para criar um personagem fictício totalmente bom em um livro o homem não conseguiu muito menos conseguirá ser um.
“O ateu não diz ‘Deus não existe’. O que ele diz é ‘Eu não sei o que você quer dizer com Deus. Esta palavra não tem um significado claro ou definido para mim. Eu não nego Deus porque não posso negar aquilo que não consigo conceber e cuja concepção pelos que defendem sua existência é tão imperfeita que eles não conseguem defini-lo para mim” (Charles Bradlaugh, Nov. 25, 1883)
Deus no banco dos réus Vídeo de complemento.

Apresentação

Olá meus caríssimos leitores, estou começando a blogar agora e esse é meu primeiro post, peguem leve comigo ok?
Sim, tenho consciência que minha escrita não é boa, nem sofro.
Vou tentar ser racional, coerente, criativo e essas coisas que geralmente é esperada de blogueiros, mas provavelmente será um epic fail blog, mas não custa tentar, haha.
dificilmente você encontrará posts sentimentalistas, infelizmente sou muito frio e não sei nada sobre isso, se você quer ler coisas fofinhas procure um blog de menininha ;)
vou tentar expor meus pensamentos, reflexões, opiniões, se for "ctrl+c" postarei os devidos créditos, tenho como objetivo fazer novas amizades, adquirir conhecimento, informação, ficar sabendo de outros pontos de vistas e porque não, quem sabe, criar um pouquinho de polêmica.Não deixem de seguir, comentar, e adicionar nos favoritos para acompanhar os posts, me avisar quando eu estiver errado, com certeza estarei várias vezes.
quem não me conhece irá me conhecer ao longo das postagens.

Assistam a filme "Sobre café e cigarros"
escutem a música "One more cup of coffee"
se quiserem saber da onde eu tirei idéia pro titulo, etc.


ficaria muito feliz em ver que estou recebendo retorno, visitas, comentários e followers.
até logo queridos amigos cafeinados.


Receber Atualizações por E-mail

Coloque seu endereço de E-mail:

Delivered by FeedBurner

Follow by Email